Sobre o Grupo

O GEHCES concebido em 1994 até 2006 era denominado de Grupo de Estudos de História do Conhecimento da Enfermagem (GEHCE), entretanto a partir de 2007 com as mudanças que ocorreram no PEN –UFSC com abertura para outros profissionais da área da saúde, o Grupo incorporou o termo saúde, passando a chamar-se Grupo de Estudos da História do Conhecimento em Enfermagem e Saúde (GEHCES).

O Grupo de Estudos de História do Conhecimento da Enfermagem e Saúde (GEHCES) foi concebido em 1994, pelas, na época, doutorandas Alcione Leite da Silva, Sonia Silva Marcon e Maria da Graça de Oliveira Crossetti, como resultado de um trabalho desenvolvido na disciplina “Concepções Teóricas e Filosóficas da Enfermagem”, ministrada pela Profa. Dra. Eloita Pereira Neves no Programa de Pós Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina (PEN – UFSC).

Este trabalho, transformado posteriormente em um Projeto de Pesquisa foi encaminhado para o (CNPq) e obteve financiamento para sua realização em 1995. O Projeto deu início ao Grupo, que passou a ser Coordenado pela Profa. Dra. Lygia Paim, professora visitante do PEN –UFSC, no período de 1995-1997.

O Grupo começou a estudar também os textos dos Anais dos Congressos Brasileiros de Enfermagem que ocorreram durante a década de 1980, e passaram a analisá-los confrontando com o referencial teórico adotado. Desse período, alguns trabalhos foram publicados, e um particularmente merece a atenção especial, por ter recebido um prêmio no 48º Congresso Brasileiro de Enfermagem, em 1996. O trabalho teve como título: “A ABEN em Congressos: um diapasão da Enfermagem”, de autoria da Profa. Lygia Paim4 .

A partir de 1997, o GEHCES iniciou uma nova etapa, dando continuidade ao projeto anterior, e iniciando um 2º projeto “O Cotidiano da Santa Casa de Misericórdia no Rio de Janeiro/RJ: palco de múltiplas ações”, coordenado pela profa. Dra. Maria Itayra Coelho de Souza Padilha, transferida da Escola de Enfermagem Anna Néry da Universidade Federal do Rio de Janeiro (EEAN-UFRJ) para o Departamento de Enfermagem da UFSC. Esta Professora já vinha atuando no Núcleo de Estudos de História da Enfermagem Brasileira (NUPHEBRAS/EEAN/UFRJ), sendo uma de suas fundadoras.

A partir dai o Grupo passou a trabalhar politicamente no sentido de ampliar o numero de participantes do grupo, participar ativamente de eventos científicos nacionais e internacionais, assim como publicar os resultados das pesquisas realizadas em periódicos qualificados. Com o ingresso de novos doutores no GEHCES, a Profa. Dra. Lygia Paim, desvinculou-se do mesmo, retornando para o seu Grupo de origem denominado de Grupo de Pesquisa em Tecnologia, Informação e Informática em Saúde (GIATE), assumindo a Coordenação, a Profa. Maria Itayra Coelho de Souza Padilha.

Com o investimento da política de ampliação do GEHCES em termos de participação de alunos de iniciação científica, mestrandos, doutorandos e profissionais enfermeiros, este passou a desenvolver a partir de 2001, estudos sobre o cuidado, a partir da Pesquisa financiada novamente pelo CNPq, intitulada “Programa de Pesquisas Colaborativas de Avaliação de Práticas de Cuidado de Profissionais de Saúde em Serviços Hospitalares do Estado de Santa Catarina”.  Esse foi um momento particularmente importante para o grupo, pois uma grande investigação foi realizada no interior dos hospitais catarinenses, desvendando o cuidado realizado. Deste projeto, resultaram várias produções científicas em diversos periódicos de enfermagem.

Em 2000, após ter concluído seu Doutorado no PEN/UFSC, a Profa. Dra. Miriam Süsskind Borenstein, assumiu a Coordenação do GEHCES, passando a desenvolver investigação com o Projeto intitulado “Enfermagem em Santa Catarina de 1950 a 2000: 50 anos de História”, que foi o precursor de vários projetos realizados posteriormente sobre a Enfermagem Catarinense, e financiados pelo CNPq, e que vem contribuindo significativamente para a história da enfermagem em Santa Catarina.

Paralelamente, a Profa. Dra. Maria Itayra desenvolveu outros projetos procurando dar ênfase ao Ensino de História da Enfermagem nas Escolas de Enfermagem em Santa Catarina. Em 2007, realiza o seu Pós-doutorado na Lawrence Bloomberg Faculty of Nursing da Universidade de Toronto/Canadá, desenvolvendo estudos relativos à identidade profissional da enfermagem articulada ao ensino da História da Enfermagem tanto nos cursos de graduação como de pós-graduação.

Após dezoito anos (1995-2013) de estudos históricos ininterruptos, o GEHCES, tem avançado de forma exponencial produzindo farto material histórico e filosófico, representadas especialmente em Teses de Doutorado, Dissertações de Mestrado, artigos científicos em português, inglês e espanhol, além de vários livros e capítulos de livros.

Neste website você encontrara cada uma destas informações detalhadas, proporcionando aos pesquisadores, estudantes e interessados em historia da enfermagem um mergulho na historia e na construção histórica do GEHCES.